Quem Somos

A Engenharia Naval e Oceânica da UFRJ é formada pelo Departamento de Engenharia Naval e Oceânica (DENO) da Escola Politécnica e pelo Programa de Engenharia Oceânica (PEnO) da COPPE, que atuam, de forma integrada, em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

O DENO dá suporte ao curso de graduação em Engenharia Naval e Oceânica e também oferece muitas disciplinas para a graduação em Engenharia de Petróleo.

O PEnO é responsável pelos cursos de mestrado e doutorado em Engenharia Oceânica.

 A Engenharia Naval e Oceânica da UFRJ dispõe de laboratórios, entre os mais modernos do mundo, como o Laboratório de Tecnologia Submarina (LTS) e o Laboratório de Tecnologia Oceânica (LabOceano), capaz de simular características do meio ambiente marinho, como ondas e correntezas, e sua ação em estruturas flutuantes.

 Ademais apresenta uma posição de destaque em termos internacionais, mantendo convênios de cooperação em ensino e pesquisa com algumas das mais prestigiosas instituições na área de engenharia oceânica.

 

Graduação: Engenharia Naval e Oceânica

O curso de Engenharia Naval da Escola Politécnica da UFRJ foi criado no contexto da implantação da moderna indústria de construção naval brasileira, em 1959, voltado para a formação de profissionais relacionados às áreas de projeto, construção naval e máquinas marítimas.

Com o tempo, o curso ampliou sua grade curricular, abrangendo disciplinas direcionadas também para outros segmentos como offshore, transportes aquaviários e embarcações especiais.

A partir do sólido conhecimento adquirido sobre os aspectos hidrodinâmicos, estruturais e mecânicos durante o curso de Engenharia Naval e Oceânica, os diplomados poderão atuar na indústria naval com mecânica pesada, fabricação de máquinas, projeto e construção de equipamentos; em projetos para a construção de navios, lanchas, veleiros e plataformas de produção de petróleo, nos Transportes Aquaviários (Marítimos e Fluviais) e, de forma única, em inúmeras atividades que envolvem a exploração e produção sustentável de recursos do mar, como o petróleo. Esta dupla formação profissional permite ao graduado maiores oportunidades de trabalho em sua área de atuação.

 

Pós-Graduação: Engenharia Oceânica

O Programa de Engenharia Oceânica iniciou suas atividades de ensino de pós-graduação e pesquisa em 1967 e apresenta duas áreas de conhecimento: Engenharia Naval e Offshore e Engenharia Costeira e Oceanográfica.

A área de Engenharia Naval e Offshore está voltada para análise, projeto construção e operação de navios e plataformas oceânicas.

A área trata do comportamento hidrodinâmico e estrutural de sistemas oceânicos, projeto de navios e embarcações marítimas e fluviais, plataformas offshores e veículos submersíveis, novos materiais, transporte aquaviário, aspectos mecânicos de motores e propulsores e instalações de navios, plataformas oceânicas e energia das ondas.

A área de Engenharia Costeira e Oceanográfica lida com assuntos pertinentes aos aspectos físicos do meio ambiente marinho, bem como a interação do mar com a costa e as intervenções do homem neste meio ambiente.

A área trata da dinâmica de escoamentos e qualidade da água em estuários, baías e costas, dos processos sedimentológicos litorâneos e estuarinos, da mecânica de geração e propagação de ondas, projeto de obras marítimas e portuárias e da contribuição da engenharia para estudos de gerenciamento costeiro.

               UFRJ              Escola Politécnica - UFRJ             logo coppe             logo capes             cnpq logo             

Av. Athos Silveira, 149 - CT - Bloco C - Sala 203 - Cidade Universitária - Ilha do Fundão - RJ - CEP 21.945-970

UFRJ Engenharia Naval e Oceânica - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ